Polícia Civil identifica suspeito de matar fundador da Mancha Verde

Polícia Civil identifica suspeito de matar fundador da Mancha Verde

A Polícia Civil já tem o nome do primeiro suspeito de ter participado do assassinato de Moacir Bianchi , de 48 anos de idade, um dos fundadores da torcida palmeirense Mancha Verde – atualmente rebatizada de Mancha Alviverde. Trata-se de Marcelo Jony Maciel, o Marcelinho, um integrante da própria organizada e que seria membro de uma facção criminosa, muito provavelmente o PCC.

Segundo reportagem do SBT, Marcelinho discutiu feio com Bianchi em uma reunião da cúpula da torcida Mancha Verde , na quarta-feira, horas antes da emboscada na zona sudoeste de São Paulo onde o corpo da vítima foi encontrado com, pelo menos, 22 marcas de tiro.

Marcelinho é um dos suspeitos de matar Moacir Bianchi, segundo a polícia

O crime aconteceu na Avenida Presidente Wilson, próximo à Rua dos Patriotas, no bairro do Ipiranga. Bianchi, que também já foi presidente da torcida e que era dirigente, estava em um Honda City preto e foi alvejado no interior do veículo, morrendo no local.

A morte de um dos seus fundadores abalou a atual diretoria da Mancha, que soltou um comunicado oficial informando o fim das suas atividades por tempo indeterminado. Dois dias depois, no entanto, a torcida voltou atrás . Uma publicação no Facebook oficial informou que o momento é de “reestruturação, e tambem em respeito ao luto pela morte do nosso fundador e ex – presidente Moacir Bianchi” e que as atividades ficarão suspensas “nos próximos dias”.

ig

07/03/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *